top of page

Colesterol & Tratamentos Naturais

Colesterol é um tipo de éster gorduroso produzido em sua maior parte pelo fígado. Triglicérides são gorduras em parte provenientes dos alimentos e em parte produzidas no fígado, o excesso destes pode levar ao aumento do Colesterol


Colesterol apesar de quimicamente ser diferente dos Triglicérides, pois o primeiro pertence ao grupo de alcoóis, enquanto que o segundo são gorduras, mas ambos e em parte são provenientes dos alimentos e em parte produzidas no fígado. Uma dieta rica em gordura saturada, gordura trans e açúcar pode elevar o LDL, ou mau colesterol, mas uma dieta rica em gorduras insaturadas e pobres em gorduras saturadas está indicada para todas as pessoas, independentemente do valor do seu colesterol.

Colesterol e Suas Ações:

Estando o fígado bem disposto, sem fatores irritantes emocionais, ou alimentares, ocorre uma maior prevalência de HDL (colesterol denso e bom), mas inversamente em situações de estresse por exemplo, passa-se a haver maior produção de LDL e VLDL, ruim com maior tendência a aderência nas paredes dos vasos. .Se houver mau funcionamento hepático tanto colesterol quanto triglicérides passarão a se acumular. Lembrando que ambos devem ser corretamente dosados, pois, LDL apesar de conhecido como colesterol “ruim” porque, em excesso, é prejudicial, por entupir as artérias. No entanto, ele é essencial, pois leva a gordura para que os tecidos funcionem corretamente. Conforme os diagramas percebe-se a utilidade do Colesterol no nosso organismo, para produzir em parte sais biliares e em parte hormônios, entre outros mineralocorticoides, como cortisol, aldosterona, mas principalmente hormônios sexuais, como estrógenos, progestágenos, testosterona e DHEA. Com a aderência do LDL e VLDL colesteróis às paredes dos vasos, ocorrem sérias repercussões: A maioria das coronariopatias, diabetes tipo 2, obesidade, síndrome metabólica, frigidez, disfunção erétil, retinopatias, surdez, alopecia, hipertensão e doenças crônicas em geral estão direta ou indiretamente relacionados com o aumento do VLDL-LDL colesteróis, e/ou diminuição do HDL e/ou aumento de triglicérides Recomendação Gerais: Todo adulto deve realizar pelo menos 30 minutos de atividade física de leve a moderada, de forma contínua ou acumulada, na maioria dos dias da semana, com pequenas mudanças no cotidiano, tais como: utilizar escadas ao invés do elevador, andar ao invés de usar o carro e praticar atividades de lazer, como dançar.

Recomendações Dietéticas:

Preferir: - Alimentos cozidos, assados, grelhados ou refogados; - Temperos naturais: limão, ervas, alho, cebola, salsa e cebolinha; - Verduras, legumes, frutas, grãos e fibras; - Peixes e aves preparadas sem pele; Limitar: - Sal; - Álcool; - Gema de ovo: no máximo 3 por semana; Evitar: - Açúcares e doces; - Frituras; - Derivados de leite na forma integral; - Carnes vermelha com gordura aparente, vísceras; - Alimentos processados e industrializados: embutidos, conservas, enlatados, defumados e salgados de pacote. - Estatinas, pois sabidamente trazem mais malefícios ao sistema cardio-vascular e menos da metade da população que consome pode ter algum benefício.

Terapia com Suplementos:

Indicados de acordo com a avaliação clinica de cada caso e com confirmação laboratorial e ainda corroborados com a bio-ressonância para sabermos qual a opção certa em cada caso. Algumas orientações são valiosas, como por exemplo: Importância da exposição ao Sol, eventualmente Ácido Nicotínico, ou Vitamina B3, pois também é bem vindo para o tratamento de hipercolesterolemia, pois ele é capaz de diminuir a concentração de VLDL, o que acaba por reduzir a concentração de LDL e aumentar a concentração de HDL. O uso de “seqüestradores” de ácido biliar é outra forma de tratamento. Tratar o fígado também, por exemplo com carnitina, nicotinamida, coenzima Q10 e creatina, entre outros e principalmente tratar a disbiose intestinal! Na dieta é importante fazer misturas de fibras e proteínas, conduzindo ao aumento do catabolismo do colesterol. O mecanismo dessa ação é que as fibras ligam-se aos ácidos biliares, levando assim a um aumento na degradação do colesterol e da excreção pela via biliar.

Demais Tratamentos Complementares:

Lembrando ainda que alimentos que contenham amido, devem ser pouco cozidos. Claro que essas e demais possibilidades devem antes ser checadas através de dados clínicos, anamnese completa, além de exames complementares, podendo-se incluir ainda, microscopia e avaliação energética, para indicação das melhores opções terapêuticas.

Posts recentes

Ver tudo

Aids & Tratamentos Naturais

AIDS : O vírus que pode ser visto ou não em pessoas com HIV, pode também permanecer latente, numa forma hibernante, sem dar as manifestações da mesma AIDS - Existem fatores prevalecentes que explicam

bottom of page