top of page

Doença Epigenética & Tratamentos Naturais

Doenças crônicas em geral decorrem de fatores genéticos, mas principlamente por fatores que favorecem a genética, isto é, a epigenética, decorrente do hábito alimentar, do sono, a forma de encarar a sexualidade, e ainda metais tóxicos entre outros.


Para evitarmos as Doenças Crônicas devemos atentar inicialmente às dietas, pois produzem grande impacto na nossa saúde, as ocidentais, por exemplo, que são ricas em gorduras saturadas, além de carnes vermelhas e carboidratos, mas pobres em frutas, legumes frescos e fibras em geral tem sido associadas a muitas doenças, incluindo hipertensão, doenças cardíacas, diabetes e obesidade, além de risco aumentado de câncer.



Doenças Crônicas Epigenética Nutricional e Câncer

Nas Doenças Crônicas a dieta dos pais pode afetar a epigenética de seus filhos que levam ao desenvolvimento de: Obesidade e doenças cardiovasculares, além de favorecer a Depressão, o TOC, a Ansiedade e principalmente o estresse crônicos, sem contar sintomas como: resistência à insulina e hipertensão.

Doenças Crônicas e suas modificações negativas resultantes da dieta ocidental podem levar a repercussões não apenas em uma geração, mas em várias!

Para favorecer a luta contra Doenças Crônicas Devemos verificar fatores de estímulo ao desempenho mitocondrial, isto é, nosso gerador energético celular, para tanto favorece-se o meio interno, ou de órgãos, pela ação neuroprotetora, bem como anti-oxidante.

A dieta mediterrânea inclui tradicionalmente frutas, legumes, massas integrais ricas em fibras, peixes, grãos integrais e gorduras saudáveis, isto é gorduras insaturadas e ricas em ácido linolênico e desencoraja as carnes, exceto peixe, os refinados e gorduras saturadas.

Metais tóxicos estão entre os fatores que mais favorecem o surgimento de Doenças em geral, além de inúmeros outros disruptores endócrinos

Inúmeros fatores, até mesmo vacinas poidem estar relacionados negativamente


Terapia com Suplementos:

Indicados ao tratamento de Doenças Crônicas a partir de dados obtidos pela clínica, exames complementares e corroborados pela avaliação energética. Aqui apenas alguns exemplos: Devemos sempre checar a situação da tireóide. Iodo: precursor de tiroxina. Vitamina A, como retinol: é essencial na conversão de iodo em tiroxina. Vits. D3, B2, 3 e 6 e C . B1 (tiamina) se deficiente pode causar hipotireoidismo. Vit. B12 não pode ser absorvida se a tiróide for deficiente. Cobre é necessário para a produção de TSH na pituitária, mas o Selênio é fundamental.


Referências:


Posts recentes

Ver tudo

Aids & Tratamentos Naturais

AIDS : O vírus que pode ser visto ou não em pessoas com HIV, pode também permanecer latente, numa forma hibernante, sem dar as manifestações da mesma AIDS - Existem fatores prevalecentes que explicam

bottom of page