top of page

Câncer de Mamas e Tratamentos Naturais

”https://www.criesaude.com”alt=”Câncer de Mamas e Tratamentos Naturais: sintomas

Mamas Câncer : sintomas e fatores de risco Além de medidas gerais para prevenção do câncer de mamas, como: Evitar desodorantes com alumínio, antitranspirantes e parabenos é fundamental: evitar sutiãs sintéticos, ou apertados e ainda evitar leite e carnes vermelha e de porco Devemos atentar para: Uma dieta saudável, com exercícios físicos regulares, exposição solar adequada ou suplementos orais para otimizar seus níveis de vitamina D3 entre outros, além de um meio eficaz de gerir a sua saúde emocional, pois estes são os pilares de praticamente qualquer programa de prevenção de câncer, incluindo câncer de mama. A atividade física regular também é muito importante.


”https://www.criesaude.com”alt=”Câncer de Mamas: Risco e  desencadeantes
”https://www.criesaude.com”alt=”Câncer de Mamas e Tratamentos Naturais: PREVENÇÃO

Contra o Câncer de Mamas Também é importante tomar cuidado com os níveis de ferro excessivos, por exemplo, monitorando o nível de ferritina calculado. A ferritina, ou proteína de transporte de ferro, não deve ser superior a 80, caso contrário devemos eliminar o excesso.As seguintes estratégias de estilo de vida vão ajudá-la a reduzir ainda mais o risco de câncer de mama: Vitamina D: Se você tem câncer, o seu nível de vitamina D deve estar entre 70 e 100 ng / ml. A vitamina D trabalha em sinergia com cada tratamento do câncer sem efeitos adversos. Há evidências de que a vitamina A também possa ter um papel na prevenção do câncer de mama


”https://www.criesaude.com”alt=”Câncer de Mamas e Tratamentos Naturais

Dieta para combater o Câncer de Mamas Uma das melhores dicas está em comer legumes alaranjados, pois são ricos em vitamina A e a seguir expor sua pele ao sol todos os dias . Evite carnes em geral, alimentos fritos, ou assados, pois estão associadas ao aumento do risco de câncer de mama, entre outros pela presença de Acrilamida e outros glicantes. Podem ser indicada a soja e derivados. Melhorar a sensibilidade à insulina. A melhor maneira de fazer isso é com exercícios e uma dieta composta por alimentos adequados ao seu organismo, por exemplo detectáveis pela avaliação energética. Mantenha um peso corporal saudável.Isso virá naturalmente quando você começar a comer corretamente e com exercícios. É importante perder o excesso de gordura corporal porque a gordura produz estrona, um tipo prejudicial de hormônio.

Desenvolvimento do câncer de mama

Participantes microambientais no desenvolvimento do câncer de mama:

(1) Iniciação e progressão do tumor: alterações genéticas envolvidas, que podem ser corrigidas por fatores epigenéticos, como alimentação, suplementação, ervas, homeopatias entre outros.

(2) Invasão tumoral: a transição de DCIS para IDC está associada a alterações na expressão gênica do estroma, novamente podem ser corrigidos por fatores epigenéticos (3) Angiogênese: o indutor de metaloproteinase da matriz extracelular (EMMPRIN) tem seus correspondentes antagônicos pela suplementação, entre outros certos derivados da lisina (4) Resposta imune: o recrutamento de leucócitos, são efetivamente favorecidos pela suplementação associada as homeopatias e a remodelação do microambiente do tumor (TME) favoravelmente tratada com a suplementação (5) Metástase: Essa fase requer muitos cuidados é quando associamos todos os recursos e de forma intensiva.


Câncer de Mamas e Tratamentos Naturais:

"] Ingira omega-3 de qualidade.Deficiência de Omega-3 é um fator subjacente comum para o câncer.Curcumina: Em concentrações elevadas pode ser muito útil no tratamento de câncer da mama.Evite consumir álcool, ou pelo menos limitar suas bebidas alcoólicas a um por dia.No Pós -parto a amamentação deve ser exclusivamente materna até os seis meses.Evite campos eletromagnéticos, tanto quanto possível. Mesmo cobertores elétricos podem aumentar o risco de câncer.A seguir está uma lista de vários fatores que foram cientificamente encontrados para impactar o câncer de mama, de uma forma ou de outra:A depressão pode influenciar na sobrevivência ao câncer de mama. SSRIs (uma categoria de drogas antidepressivas), como sertralina, estão associados ao aumento do risco de câncer de mama. A CoQ10 parece ser uma ferramenta útil. A artemisinina (um composto de artemísia) tem sido demonstrada ser tóxicos para as células do câncer de mama humano.Uma dieta rica em carboidratos pode aumentar o risco de câncer de mama. Alimentos que têm uma base científica para combater o câncer de mama incluem algas, certos alimentos picantes, vegetais crucíferos, especialmente brócolis e óleo de prímula, mas deve-se evitar a ingesta de leite. Tudo isso são meras dicas, pois somente através da avaliação energética teremos a resposta final para detectar os alimentos e suplementos corretos. Muita luz à noite aumenta o câncer de mama pela melatonina inibida num estudo realizado pelo Instituto Nacional do Câncer Americano. (ACNI) Antes de tomar qualquer decisão sobre o tratamento e, definitivamente, antes de decidir fazer uma cirurgia ou quimioterapia, certifique-se se os resultados da biópsia foram revistos por um especialista de mama que seja conhecedor e experiente nesse campo. Assim como em qualquer doença crônica vale a pena lembrar a importância de cuidarmos do Sono, da Alimentação, da Atividade Física, dos Fatores pH, do Eixo e mesmo da Sexualidade.


Tratamentos Complementares:

 Claro que essas e demais possibilidades devem antes ser checadas através de:-dados clínicos,-anamnese completa,-além de exames complementares, podendo incluir o:-eletro-escaneamento-microscopia e a avaliação energética, para termos certeza das melhores opções terapêuticas. A maioria de câncer de mamas é evitável,

-Mas se você for atingida com esse diagnóstico, não perca as esperanças.


Quando as causas exatas das doenças acabam não sendo totalmente conhecidas:

sabemos que além do aumento da Permeabilidade Intestinal, que acaba promovendo o deslocamento de bactérias dos intestinos à circulação, sem falar da importância da destoxificação

E ainda podemos incluir relações com:o Sono, a Alimentação, a Atividade Física, o Terreno Biológico do qual o Fator pH é uma das variáveis, acúmulo de metais tóxicos, o Eixo e a Sexualidade. outros fatores também podem agravar incluindo drogas, irritantes químicos, e intoxicantes ambientais como campos eletromagnéticos. Todos esses fatores serão checados em consulta.


Agendamentos:

Entre em contato conosco nos seguintes telefones: :

(11) 95321-1835 ZAP, ou 3889-0273


Referências:

Acessados em 20-2-2016 às 6:30hs

Comments


bottom of page