top of page

Sexualidade salutar


”https://www.criesaude.com”alt=”Sexualidade salutar/ Crie Saúde. Medicina Integrativa Sexualidade salutar

Sexualidade salutar envolve a dupla participação da pessoa: em seu próprio eixo e na natureza daquele(a) que escolhemos como parceiro(a). Uma boa vida sexual é uma forma de ficar feliz, saudável e apto à vida.

Sexualidade ativa, para ela: Demonstrou-se que fazer sexo uma vez por semana pode beneficiar sua saúde. Entre outros: - Obtêm-se menos resfriados devido a um aumento na imunoglobulina A, um anticorpo que combate a infecção - As mulheres podem ter regras mais previsíveis devido à exposição aos feromônios masculinos - Melhor resposta física ao estresse - Normaliza a pressão arterial, o que diminui o risco de doença cardíaca - Diminui o colesterol ruim e aumenta o colesterol bom - Ajuda tonificar seu abdômen, glúteos e praticamente quaisquer músculos em seu corpo. - Aumenta naturalmente o estrogênio melhorando a aparência de seu cabelo, pele e unhas - Melhora sua memória, pois aumenta o fluxo sanguíneo para o cérebro.

Bioquímica hormonal envolvida na Sexualidade - Passa a haver sentimentos mais elevados de motivação por causa da liberação de endorfinas - Aumenta a auto-estima e melhora a intimidade em seu relacionamento. Isso porque o sexo e os orgasmos resultam em aumento dos níveis do hormônio oxitocina - o hormônio que ajuda você a se sentir ligado a seu parceiro(a). - Além do aumento da oxitocina, assim também há aumento dos hormônios conhecidos como endorfinas, que melhoram os sentimentos de dor relacionadas a tudo, desde dores de cabeça e artrite aos sintomas da TPM. - Também pode ajudá-la(o) a dormir de noite melhor. - Além disso, as mulheres, ao terem relações sexuais pode ajudar a fortalecer os músculos de seu assoalho pélvico (os mesmos usados para parar de urinar), melhorando sintomas de urgência miccional e cistite. - Com fortes músculos do assoalho pélvico há redução do risco de acidentes, como fraturas. Sexualidade salutar envolve o equilíbrio entre fatores : fisiológicos, sociais, culturais e psíquico-comportamentais.


Claro, supondo que você está desenvolvendo suaSexualidade com um parceiro monogâmico - caso contrário corre-se o risco de contrair uma doença sexualmente transmissível. É importante saber que a sexualidade é um dos princípios que regem a nossa vitalidade, ela é a portadora da nossa energia vital na sua forma bruta, isto é, ainda sem domínio. Para haver o domínio desta manifestação, recomenda-se a prática da sexualidade com redistribuição da energia pelo nosso corpo e isso pode ser feito ainda melhor com orientação e com práticas de respiração e meditação. A energia na sua forma primária é comparável a água de um rio: em excesso e sem contenção ela torna-se destrutiva, assim como a falta de seu uso.

Mas, a informação correta, permite a veiculação correta e contribui para inúmeros benefícios. Enquanto que a Prolactina e a Serotonina são os únicos transmissores inibidores do estímulo sexual, os demais, principalmente a Dopamina, o Estrogênio e a Testosterona são estimulantes.

A Sexualidade e o prazer começa em seu cérebro! Seu cérebro e o sistema nervoso controlam as glândulas sexuais e os órgãos genitais, e é por isso que eles também controlam seu desejo sexual, bem como orgasmos. É por isso que, por exemplo, imagens visuais desencadeiam o desejo sexual em ambos os sexos.

Para Sexualidade tornar-se física e psicologicamente ativa(o), devemos também otimizar sua dieta baseada na análise clínica e exames complementares, o que inclui: otimizar sua vitamina D e níveis de insulina otimizar a colina, hormônios sexuais incluindo estrogênio, progesterona, testosterona, oxitocina, vasopressina, dopamina suplementos com vitamina B5. Também devemos considerara o neurotransmissor que dispara a mensagem sexual, em homens e mulheres,que é a acetilcolina (Ach). Com Ach muito baixo, a atividade sexual diminui. A questão da sensibilidade alterada muito frequentemente está presente e pode, se não estiver corretamente presente, levar às inúmeras disfunções. Situação essa também passível de correção pelo toque sutil. Terapeuticamente, através do toque certeiro e sutil da massagem por exemplo, ocorre o direcionamento correto da libido, além do auto-conhecimento, melhora da auto-estima e uma definição bem melhor para os relacionamentos.

Para Sexualidade salutar "Medo e ansiedade devem ser evitadas a todo custo, se uma mulher deseja ter um orgasmo." Se você gostaria de tirar proveito de alguns dos benefícios de saúde que a atividade sexual regular tem para oferecer, ainda achar que o seu desejo não é apenas o que costumava ser, há muitas dicas naturais que podem ajudar, uma delas é também a Meditação, praticada juntamente com o toque e a respiração correta. Seus ímpetos sexuais também podem ser apagados simplesmente por comer muito açúcar. Altos níveis de açúcar em sua corrente sanguínea pode realmente desligar o gene que controla seus hormônios sexuais.

Principais causas de dor durante a relação sexual

Questões psíquico-emocionais – ansiedade-culpa, estresse, medo, aspectos culturais e/ou religiosos, traumas ou mesmo o medo de engravidar geram tensões que podem atrapalhar o prazer, causar dor entre outros. Para cada situação há uma correspondente homeopatia.

Vaginismo – contrações involuntárias na vagina, tornando a penetração difícil, dolorosa, ou impraticável. Relaciona-se ao estado de tensão interna, tanto com relação às disposições do Sistema Nervoso Autônomo, quanto das disposições psíquicas da pessoa.

Endometriose – uma causa comun de dor na relação sexual

Falta de lubrificação – por gerar mais atrito

Infecções e inflamações – problemas nos órgãos genitais ou no trato urinário também podem resultar em dor.

Outras causas – radioterapia, lesões, alergias e anormalidades são outros fatores relacionados à dor na relação.


Considerações finais:

Claro que essas e outras possibilidades devem antes ser checadas através de dados clínicos, anamnese completa, além de exames complementares, podendo incluir o eletro-escaneamento, microscopia e avaliação energética, para termos certeza das melhores opções terapêuticas como: acupuntura sem agulhas, massagem, homeopatia, ervas, vitaminas, minerais. E também sem nos esquecermos dos fatores predisponentes, ou desencadeantes que levaram ao quadro clínico presente, o que pode requerer o acompanhamento de especialistas.

Ainda quanto a duração da sexualidade devemos nos lembrar que ninguém nasce submissa(o) o tempo todo. devemos nos educar e sem rebeldias, arrogâncias, ou manifestações muito egoicas vamos aprender a encontrar o bem e o bom no relacionamento. Certas características podem ser inatas nos seres humanos; Essas características podem ser modificadas pelo ambiente físico e social em que as pessoas interagem. A sexualidade humana é conduzida pela genética, mas principalmente pela atividade mental. O impulso sexual afeta o desenvolvimento da identidade pessoal e das atividades sociais. [/caption]

Entre em contato conosco no seguinte telefone:(11)95321-1835, ou 3889-0273


Posts recentes

Ver tudo

Aids & Tratamentos Naturais

AIDS : O vírus que pode ser visto ou não em pessoas com HIV, pode também permanecer latente, numa forma hibernante, sem dar as manifestações da mesma AIDS - Existem fatores prevalecentes que explicam

bottom of page